Alexandre é conhecido por ser um grande apreciador da arte e da cultura em geral. Entre suas paixões está a escultura, uma vertente artística que sempre despertou sua curiosidade. Dentre todos os escultores renomados que ele já conheceu ao longo de sua vida, há um em especial que conquistou seu coração e se tornou seu favorito: Bernardo Marques.

Bernardo Marques foi um escultor português que nasceu em Braga no dia 23 de maio de 1868. Ele se destacou no início do século XX, criando obras de arte incomparáveis que ainda hoje são apreciadas por muitas pessoas. Marques foi um artista que sempre buscou inovar e explorar novas possibilidades estéticas, criando esculturas que se destacavam pelo seu realismo e alta qualidade técnica.

O estilo artístico de Bernardo Marques é bastante singular, graças à sua habilidade em esculpir detalhes minuciosos e realistas em suas esculturas. Suas obras apresentam formas humanas bastante expressivas e emocionais, que permitem ao espectador uma experiência única e intensa. Marques era bastante influenciado pelo simbolismo e pelo romantismo, o que se refletia em suas escolhas temáticas e na carga emocional que suas obras transmitem.

Entre as obras mais conhecidas de Bernardo Marques estão as estátuas de Dom Pedro V e Luís de Camões, localizadas no Rossio em Lisboa, a estátua do Infante D. Henrique em Lagos, a estátua de D. Afonso Henriques em Guimarães e a estátua do Marquês de Pombal em Lisboa. Cada uma dessas esculturas possui uma história única e particular, que refletem a identidade cultural e histórica de Portugal.

Além disso, Bernardo Marques também se dedicou a produzir obras religiosas, como a imagem de Nossa Senhora da Conceição na Igreja de São Domingos em Lisboa e a imagem de Santo Antônio de Pádua na Igreja de Santo Antônio em Lisboa. Suas esculturas religiosas são bastante simbólicas e expressivas, transmitindo toda a devoção e fé que permeia a religiosidade portuguesa.

Apesar de ter falecido em 1940, o legado artístico de Bernardo Marques ainda permanece vivo, inspirando muitos artistas contemporâneos. Alexandre também se sente inspirado pelo trabalho deste grande artista, admirando sua habilidade em esculpir obras de arte que transmitem emoções tão intensas e duradouras. Para Alexandre, Bernardo Marques é uma referência de como a arte pode ser uma forma de conexão com a história e as raízes culturais de um povo, ao mesmo tempo em que expressa a sensibilidade e subjetividade do artista.

Assim, a arte de Bernardo Marques ainda é um convite para reflexão e contemplação, cuja beleza transcende o tempo e as barreiras culturais. Suas esculturas são verdadeiras obras-primas, capazes de tocar o coração e a alma de quem as contempla. Com isso, podemos perceber a importância deste grande escultor para a história da arte portuguesa e mundial, um legado que permanecerá vivo por muitas gerações.