Desde a estreia da série The Crown em 2016, um personagem tem sido o favorito dos espectadores - o filho querido da rainha Elizabeth II. Representado pelo ator Jared Harris, o personagem deixa uma marca em todos que assistem a história do reinado da rainha.

Filho favorito da Rainha - Quem foi?

O filho favorito da rainha Elizabeth II é o falecido Príncipe John, o quinto filho do Rei George VI e da Rainha Elizabeth.

A mãe da Rainha, Rainha Elizabeth, era muito amorosa com John e desejava que ele tivesse uma vida normal, mesmo que ele tivesse dificuldades físicas e intelectuais. No entanto, a família real percebeu que John tinha uma grave epilepsia e precisava de cuidados constantes.

Tragicamente, logo após o Ano Novo de 1952, o pequeno Príncipe John faleceu, aos 13 anos de idade. Ele foi enterrado no cemitério real de Windsor.

O sucesso do personagem na Série The Crown

Na série The Crown, a representação do personagem é bem diferente. A série apresenta John como um jovem encantador, inteligente e carismático. Ele é bastante estudioso e interessado nos eventos atuais. Porém, a série também mostra que John sofre de episódios intensos de epilepsia.

Mas mesmo com suas dificuldades, John é um personagem muito querido ao longo da série. Ele é retratado como um dos poucos membros da família real que é compassivo, gentil e humano.

O personagem também é um grande influenciador e ajudou a resolver incontáveis problemas durante a série. Sua história inspirou muitos espectadores que desejavam ter o mesmo carisma que ele.

Como sua representação pós-morte inspira muitos fãs ao longo da série, seu personagem é um verdadeiro sucesso.

Conclusão

A série The Crown continua a encantar seus espectadores com suas histórias envolventes sobre a família real britânica. A representação do filho favorito da rainha, Príncipe John, é uma das mais memoráveis da série. Comparando a representação da série com a história real, podemos ver como a Série The Crown retrata sua vida e sucesso com um toque humano que Muitos espectadores adoram. Sem dúvidas, os dramas familiares reais são fascinantes e com essa história não seria diferente.